quarta-feira, 15 de março de 2017

Broa de fubá com fermentação natural

Engraçado que fiz esta broa sem receita pois fiquei com preguiça de procurar uma que já tinha publicado. Anotei rapidamente as quantidades aqui no rascunho do blog para não esquecer. É claro que para gente que cozinha muito, nada é tão intuitivo assim, tudo é cópia do que temos no repertório. Então, vou deixar aqui as medidas que usei nesta broinha mas abaixo tem uma receita parecida, publicada em 2011, baseada em outra feita com fermento comprado. Então, fique você com três opções. E quem não tem levain mas quer a broa com fermento natural, pode pedir uma muda pra quem tenha ou arriscar a fazer o seu próprio - basta ver o post onde ensino o passo-a-passo para se conseguir um.

Broa de fubá - a anotação

150 g de fubá
350 g de farinha de trigo branca
200 g de levain
50 g de açúcar
150 ml de leite
50 g de manteiga
1 ovo
água - cerca de 100 ml
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de erva-doce

Misture o levain com o leite, o sal, o açúcar e o ovo - se quiser, bata tudo no liquidificador.  Numa tigela, junte esta mistura com as farinhas. Misture bem até ficar homogêneo. Junte a água aos poucos até formar uma massa macia. Junte a manteiga amolecida e a erva-doce. Espere 10 minutos e sove a massa até ficar lisa.

Broa de fubá com levain  - a receita já publicada aqui.


300 g (ou 1,5 xícara) de levain reformado um dia antes 
1 e 1/4 de xícara de leite (300 ml)
750 g de farinha de trigo especial, aproximadamente
300 g de fubá
¾ de xícara de açúcar (135 g)
1/4 de xícara de manteiga sem sal (50 g)
1 colher (sopa) rasa de sal (15 g)
3 ovos
1 colher (sopa) de erva-doce
Leite (para pincelar sobre as broas)
Farinha e fubá em quantidades iguais (para polvilhar sobre as broas)

Modo de preparo
Coloque numa bacia o levain, o leite, 150 g de farinha e 150 g de fubá, aproximadamente. Mexa bem, cubra com plástico e deixe levedar - até formar bolhas. Junte, então, os outros ingredientes, deixando o restante da farinha, por último. Vá sovando bem e juntando mais farinha de trigo se for necessário. Quando a massa estiver bem lisa e soltando das mãos, cubra a bacia com plástico e deixe em local bem protegido, até que a massa dobre de volume.  Não pode ter pressa!  Divida a massa em 4 porções  faça bolas e coloque em forma untada e enfarinhada deixando espaço entre elas. Espere crescer novamente. Pincele leite e polvilhe com farinha e fubá. Faça cortes na superfície do pão e leve para assar em forno pré-aquecido a 200 ºC, por cerca de uma hora ou até dourar. Se tiver que guardar o pão por mais que três dias, espere esfriar, embale em filme plástico e congele ou deixe na geladeira. Se não, basta manter em saco de papel ou de pano, que ele se conserva razoavelmente bem.  Se achar, nos dias seguintes, que está meio seco, coloque as fatias na torradeira e nhac! 


Rende: 4 broas


6 comentários:

disse...

Oi, Neide!
Se fizermos a primeira receita, logo após os dez minutos e a sova já é para colocar para assar? Ou devemos fazer as etapas de sovar+esperar do pão com levain? Obrigada! Bjs, Fê.

Neide Rigo disse...

Fe, prossiga o modo de preparo da outra - cubra com plástico ....
Um abraço,n

Paulo Otton disse...

Neide, dá pra trocar o trigo por outra farinha sem glúten?

Neide Rigo disse...

Paulo, pode tentar. Mas vai virar outro preparo.
Um abraço,n

diu disse...

Boa noite Neide,eu tenho fuba de canjiquinha la de Itabirito,posso fazer com ele?Ou o fuba normal,obrigado.

Obat Tradisional Penyakit Tipes disse...

Thank you for the information you present to me , I was very lucky to find you wrote this . Because it is new to my knowledge Obat Tradisional penyakit Tipes Hopefully you can write more about things like this . I strongly agree with your phrase up there . Visit me at Ace Maxs Asli or c