sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Refrigerante de cruá com kombuchá





Acho que já falei quase tudo o que queria sobre cruá naquele outro post. E em outros tantos.  Mas o que nunca tinha feito ainda era refrigerante ou espumante, como queiram.

Desta vez ganhei o cruá (Sicana odorífera) de minha amiga Silvia Lopes. Pedi pra ela comprar na feira de São Joaquim, que sempre tem, vendida como remédio, para eu usar as sementes para plantar.

A fruta foi ficando, ficando, perfumando, até que esta semana resolvi abrir, crente que estaria já podre, pouco me importando já que estava só pensando nas sementes. Mas que nada. Estava surpreendentemente doce e fresco, com sabor de melão caipira.

Claro que fui logo separando a semente - um pouco, torrei e comi, deliciosas. Outro tanto guardei pra plantar. A parte mais externa, junto à casca, cortei em pedaços, cozinhei e guardei para fazer purê - veja no post linkado aí em cima. Já a polpa onde estão inseridas as sementes, bati e coei. Foi este suco que usei para fazer refrigerante. Coloquei num vidro de boca larga uma parte de suco, uma parte de kombucha pronto, uma parte de kefir de água pronto. Coloquei por cima uma luva cirurgica com os dedos furados com águlha - assim, enquanto a mistura fermenta, o gás carbônico sai e o oxigênio não sai. Produz até um pouco de álcool. Deixei apenas 24 horas assim. Coei em voal para tirar a polpa que, com a fermentação, subiu à superfície. O líquido coado engarrafei e deixei 12 horas em temperatura ambiente. Se quiser, coloque em garrafa pet, aperte um pouco para o líquido chegar ao gargalo e deixe em repouso. Quando a garrafa estufar é porque já tem gás aprisionado. Pode então (deve) guardar na geladeira sob o risco de explodir - transporte com muito gelo em volta.

O sabor ficou docinho e com bastante sabor de melão. Gostei muito! Experimente se tiver oportunidade.


O suco feito com a polpa central . Dá pra tomar puro
bem gelado ou usar para fazer o fermentado 



As garrafas de coca cola vazias são ótimas! 
As de leite de coco também 
A polpa da fruta fermentada sobe à superfície

3 comentários:

Adelaide Araçai disse...

Adoro quando chego aqui e "conheço" algo novo para experimentar. Obrigada por partilhar, não conhecia o Cruá. Vou buscar para saborear.
Abraços

Daniela Migliorini disse...

Olá , Neide , tudo bem? Tô tentando entender como fazer as receitas com. A kombucha . Estou trocando o chá toda semana , mas não estou sabendo usar...

download filmes disse...

ok